O que é ser um Libertário

O que é ser um Libertário, como tudo na política, pode ter várias interpretações, mas, nós acreditamos que Libertário é aquele que de uma forma ou de outra quer ser livre da dominação do governo/Estado sobre a sua vida. Vemos Libertários como um sinônimo para minarquistas, sendo que, por questões de apelo de marketing, Libertário é […]
Leia mais >>

O que é ser um Libertário

O que é ser um Libertário, como tudo na política, pode ter várias interpretações, mas, nós acreditamos que Libertário é aquele que de uma forma ou de outra quer ser livre da dominação do governo/Estado sobre a sua vida. Vemos Libertários como um sinônimo para minarquistas, sendo que, por questões de apelo de marketing, Libertário é […]
Leia mais >>

O que é ser um Libertário

O que é ser um Libertário, como tudo na política, pode ter várias interpretações, mas, nós acreditamos que Libertário é aquele que de uma forma ou de outra quer ser livre da dominação do governo/Estado sobre a sua vida. Vemos Libertários como um sinônimo para minarquistas, sendo que, por questões de apelo de marketing, Libertário é […]
Leia mais >>
11 de agosto de 2018

O que é ser um Libertário, como tudo na política, pode ter várias interpretações, mas, nós acreditamos que Libertário é aquele que de uma forma ou de outra quer ser livre da dominação do governo/Estado sobre a sua vida.

Vemos Libertários como um sinônimo para minarquistas, sendo que, por questões de apelo de marketing, Libertário é mais forte e significativo do que minarquista.

Em termos práticos...

Se você concorda com as a maioria das seguintes afirmativas abaixo:

  1. Imposto é roubo.
  2. Todas as estatais devem ser privatizadas.
  3. O comércio entre os países deve ser, em linhas gerais, livre e sem barreiras.
  4. Que o livre mercado é a única fonte real de criação de riqueza.
  5. Que o Estado deve sair da grande maioria dos setores inclusive da saúde e da educação.
  6. Na liberdade do indivíduo, principalmente a de expressão.
  7. Que os únicos crimes são apenas os crimes contra a vida, saúde, natureza ou propriedades das pessoas. Crimes precisam de vítimas, por isso, não existe, por exemplo, o crime de sonegação de impostos.

Você pode se considerar, no nosso entendimento, um Libertário.

Libertário vs Anarquismo

Existe uma corrente muito forte no Brasil que acredita que Libertário é sinônimo de anarquista. Essa corrente é defendida por Hans Herman Hoppe que fala sobre isso nesse vídeo. Nós discordamos totalmente dela.

Somos favoráveis a corrente predominante no USA, que é defendida por Milton Friedman e pelo Canal Learn Liberty. Essa visão tira o Libertarianismo do campo das utopias e o colocam em um setor muito mais prático e realista que pode ser implementado no curto prazo sem a necessidade de uma grande evolução mental/espiritual dos seres humanos.

Nós demoramos muito em aceitar ser Libertários, pois, conhecíamos apenas essa vertente brasileira que prega a abolição total do Estado e que cada um vai carregar uma arma para fazer sua própria defesa pessoal. Essa visão para nós sempre foi completamente absurda para os dias atuais, mas, a parte de tirar o Estado de coisas como agências reguladoras e banco de desenvolvimento parecia muito coerente.

O anarquismo é um sistema que hoje ainda não pode ser implementado devido a dominância do mais forte pelo mais fraco como pode ser visto facilmente nesse vídeo sobre os garimpeiros no Amazonas.

Ao assistir o video de Milton Friedman, o do link acima, já no fim da vida onde ele se declara um libertário (a idade trouxe amadurecimento) passamos a conhecer essa corrente menos violenta e mais pragmática. A identificação foi imediata, bem como a admiração a esse grande economista.

Como o Estado hoje ainda é extremamente obeso, existe bastante margem para cortes unanimes antes de chegarmos ao ponto das discordâncias sobre se tal item deve ser ou não retirado das atribuições do poder central.

Segurança e Sustentabilidade

Acreditamos que a segurança militar da nação e a dos seus habitantes deve ser controlada pelo Estado para evitar o surgimento de milícias ou feudos, coisas que já acontecem em locais do Brasil onde o governo não é presente.

De forma alguma a existência de uma polícia estatal impede a atuação de segurança ou mesmo polícia privada.

A sustentabilidade e conservação do ambiente também deve permanecer uma responsabilidade do Estado, para evitar a devastação dos nossos recursos naturais e também para evitar desastres como o da barragem de Mariana.

Nos dias de hoje ainda é mais barato poluir um rio do que fazer um tratamento de efluentes correto, por isso, precisamos de uma força central que cuide desse interesse difuso da sociedade e evite que empresas peguem o atalho da poluição.

Até hoje não vimos como o livre mercado pode sozinho, sem o medo/incentivo do Estado, resolver a sustentabilidade de toda um país. Os dois precisam trabalhar em conjunto para por exemplo forçar a migração do plástico barato, mas, poluente para uma solução mais ecológica mesmo que implique em algum financeiro de curto prazo para todos.

Somos contra o porte de armas

Um item que nos difere da maioria dos demais libertários e liberais é que somos contra o porte de armas pela população civil. Existem mais de 60 estudos publicados pelas melhores instituições do mundo sobre o tema. Todos são unanimes em apontar que quanto mais armas em circulação maior o numero de assassinatos, crimes passionais, suicídios e mortes acidentais sem nenhuma troca em termos de aumento da segurança. No estudo de Stanford ficou claro que o aumento no número de armas aumenta a violência ao contrário do que muitos dizem por aí.

Para nós a questão de sermos contra o porte de armas devido a todos os fatos acima não interfere em nada na nossa condição de Libertários. O direito a vida é a maior liberdade de todas. Ter pessoas milhões de pessoas a sua volta com armas significa que a sua vida estará na mão de qualquer uma dessas um milhão de pessoas, ou seja, o porte de armas restringe a liberdade dos indivíduos, pois, restringe o direito a vida.

Mas carros e facas também matam! Verdade! Todavia carros e facas foram feitas para um propósito especifico que não é o de matar pessoas. Eventualmente eles matam pessoas da mesma forma que um piano pode matar uma pessoa, basta para isso jogá-lo de um prédio alto na cabeça de alguém. Armas são projetadas do zero para matar pessoas.

Não existe nenhum direito natural enviado por Deus que confere aos homens o porte de armas. Isso não está nos dez mandamentos, nem na bíblia e nem no livro dos Mórmons que foi escrito depois da invenção das armas de fogo.

Além de tudo isso acima, um dos nossos valores é a fraternidade, logo, menos armas significam mais fraternidade.

Grafico mostrando a queda das mortes apos o estatuto do desarmamento

Qualquer estatístico com o mínimo de honestidade pode ver claramente pelo gráfico acima que o estatuto do desarmamento salvou muitas vidas. Ainda estamos em uma situação calamitosa com relação a assassinatos, mas, isso tem a ver com a total falência do estado nos seus serviços básicos somado toda a burocracia que impede o cidadão de ter um emprego digno ou abrir sua empresa. A solução é liberdade econômica, fim das guerras as drogas, fechar as fronteiras a entrada de armas e punição severa para os que mesmo com todas as oportunidades quiserem continuar no crime.

Liberdade de expressão

A liberdade de expressão é um dos maiores direitos do indivíduo. Exceto pela apologia a violência, todas as pessoas devem falar livremente o que pensam mesmo que isso por ventura venha a ofender ou ferir os sentimentos de alguém. O dano moral deve ser abolido e o máximo que o Estado deve fazer é assegurar um direito de resposta em tempo equivalente ou maior ao cidadão que se sentiu caluniado. Lutamos pelo fim da indústria do dano moral.

 

Eu discordo do que você diz, mas, defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo.

Monopólio das drogas

Não se trata de ser a favor das drogas, pois, nós pessoalmente somos contra todas elas. Trata-se apenas de decidir se a sociedade vai querer que o Estado continue mantendo o monopólio da venda das drogas pelo crime organizado, que fatura bilhões por ano com ela, ou vai querer quebrar essa fonte de financiamento inesgotável para essas pessoas que mais a frente vão corromper os policiais, secretários de segurança e políticos no geral.

Após 40 anos de guerra as drogas já ficou mais que provado que não é possivel prender ou matar todos os traficantes nem é possível prender, matar ou curar todos os viciados/consumidores.

Como um dos nossos valores é o factualismo, temos que ceder aos fatos e ver que no momento a única atitude possível no curto prazo para amenizar o problema das drogas com relação a violência é quebrar o monopólio do crime organizado. Essa atitude além de baixar as mortes vai reduzir o dinheiro e tempo gasto com essa batalha inútil e a policia poderá se focar em combater os crimes violentos como os roubos e assassinatos.

A maioria dos males oriundos das drogas ocorrem porque elas são ilegais

Discordâncias

Mesmo que você não concorde com algum dos pontos acima, mas, ao menos acredite que imposto é roubo você já pode ser considerado um Libertário e sua presença será muito bem vinda no nosso movimento. Caso você ainda não acredite que imposto é roubo venha conversar conosco, cedo ou tarde você vai acabar se convencendo disso.

 

Agora que você leu sobre o que é ser um Libertário na nossa ótica veja a nossa posição sobre o aborto.

 

TAGS

Junte-se a nós!

Junte-se a nós nessa missão de zerar o roubo de impostos nos combustíveis. Precisamos de você como voluntário desse movimento.
VAMOS NESSA!
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram